RENNER HERRMANN S.A | Desde 1927

  • PT
  • EN
  • Relat - Laticínios Renner

     

    Com investimentos de R$ 50 milhões, a planta da Relat - Laticínios Renner foi inaugurada em 19 de outubro de 2010 e conta com área construída de mais de 5.000m², em terreno de aproximadamente 150.000 m².

    Planta de Relat - Laticínios Renner em Estação/RS

    A capacidade instalada da planta em sua primeira etapa será de transformar em pó 1.500.000 litros de soro por dia, gerando mais de 100 postos de trabalho diretos.

    Em muitos casos, o soro líquido, "in natura", é jogado diretamente em rios e arroios pela pouca oportunidade atual de uso desta matéria-prima, poluindo assim o meio ambiente. Com a transformação e industrialização, além da proteção ao ecosistema, criam-se oportunidades às queijarias de ampliar a sua produção, hoje limitada por conta das dificuldades de se desfazerem dos resíduos gerados por suas produções. Assim, além de ampliar o horizonte das queijarias, o soro transformado em pó passa a ser importante e valorizado como matéria-prima para a indústria alimentícia de biscoitos, pães, massas, bebidas energéticas, rações animais, etc.

     

    Hoje, aproximadamente 50% do pó de soro de leite utilizado no Brasil tem origem em outros países.

    Planta de Relat - Laticínios Renner em Estação/RSLocalização

    A planta RELAT - Laticínios Renner se situa no município de Estação, no norte do estado do Rio Grande do Sul e no epicentro geográfico de um grande número de queijarias deste estado, Santa Catarina e Paraná.

    Histórico

    Em abril de 2008, Renner Herrmann S.A. anunciou um novo investimento, desta vez na área de alimentos lácteos. A Relat, maior transformadora de soro de leite no sul do Brasil, teve sua unidade fabril inaugurada em outubro de 2010, no município de Estação/RS.